quinta-feira, novembro 08, 2007

Vício


Para amortecer a dor. Para mentir amor. Para dizer as palavras que eu não guardo em cadernos. Para fingir um mundo diferente. Para fugir do muito igual. Para cair do céu da noite. Sem paradas que possam me alcançar. Para subir os degraus da percepção, descendo os da vida. Para abreviar, justamente. Para esquecer. Ser esquecido. Para desaparecer, sustenido ou bemol, da harmonia do coro que canta. Para isso ou para aquilo. Para encontrar, seja lá o que for. Para e rir e depois chorar. Para esperar com calma, que na espera não há descanso. Para não esperar. Não acreditar. Para cantar em outro tempo. Para não perder aos poucos o tino. Para perdê-lo de vez num único tiro. Para com os amigos. Para quando sozinho. Pára o mundo.

Sem medo. Sem frustrações. Sem sugestões. Sem perder. Sem nada a ganhar. Sem saldo. Sem silêncio. Sem sujeira, pena pênalty. Sem sentido. Sem ou com música, com ritmo.

1 Comments:

Anonymous Marco said...

Muleke...

Vc tá virando um monstro...

Isso tá fodaço... fiquei até sem folego...

"Para subir os degraus da percepção, descendo os da vida."

...

Saudades de vc agora...

domingo, novembro 11, 2007 10:07:00 PM  

Postar um comentário

<< Home