sexta-feira, junho 16, 2006

Prometeu - Estudo Nº 1.1


(desculpem pela foto, não tinha uma mais recente e nem menos antiga!)





Segue abaixo a resenha de Prometeu Estudo Nº1.1, peça teatral apresentada pela Cia. Antropofágica (abaporu), em cartaz no Teatro Cacilda Becker neste mês de junho e em julho.

Acompanho o trabalho da Cia. Antropofágica, de perto, há quase dois anos, participando e, na maioria das vezes, assistindo aos ensaios, além de ser um excelente fornecedor de cervejas e cigarros nas horas de folga!

O pessoal tem um trabalho sério, que sai da mediocridade constante em grande parte do que podemos encontrar por aí. Suas atividades vão além da montagem e apresentação de peças teatrais. Partem desde a pesquisa, compreensão e estruturação do conteúdo de seus trabalhos, passando pela fase de preparação e apresentação das peças em si, chegando ainda a atuar fora dos palcos, realizando e participando de ações em favor da Cultura e da Educação.

No momento sua "residência" fica no Espaço Cultural Tendal da Lapa, onde realizam, além dos ensaios, oficinas de teatro e pelo qual, recentemente, participaram de forma ativa e excepcionalmente relevante do movimento Viva o Tendal, que impediu a desativação deste espaço, maior Casa de Cultura da cidade de São Paulo, pelo Governo do Estado e a própria Prefeitura, numa óbvia tentativa de jogada eleitoreira. Mas isso seria assunto pra outro post.

Só quero deixar bem claro que, embora pareça, não estou querendo puxar o saco de ninguém aqui. Admiro e respeito o trabalho deles, principalmente, pela (agradável) teimosia em não se vender ou se deixar arrastar pelo "óbvio-mais-fácil" que reina em quase tudo à nossa volta e pelo tom forte que mantém nas idéias que transmitem (mesmo que muitas vezes, alguns deles, mal percebam isso).

O site da Cia. Antropofágica, novamente, para mais informações e para impressão de bilhete-desconto de 50%.

Enfim, é isso! Fica a resenha abaixo.


11 de Setembro Grego

O espetáculo “Prometeu Estudo 1.1”, em cartaz no teatro Cacilda Becker, em São Paulo, traz uma releitura do mito grego de Prometeu, baseado em textos de Heine Miller e Michel Foucault, com uma discussão sobre o 11 de setembro.

O clássico da mitologia grega, Prometeu roubou o fogo dos deuses e o entregou aos homens, por isso foi punido a mando de Zeus e pelas mãos de Hefesto, foi acorrentado ao rochedo onde o abutre sanguinário, o cão alado de Zeus, aparece para devorar o seu fígado.

Relacionando o conto grego aos acontecimentos do 11 de setembro, a Cia. Antropofágica apresenta a peça Prometeu 1.1, que é resultado de um processo de pesquisa dos textos de Ésquilo, Heiner Miller e Michel Foucalt e propõe uma reflexão sobre a punição e o declínio do império depois dos ataques terroristas.

Ficha Técnica
Tradução: Alberto Guzik.
Direção: Thiago Reis Vasconcelos.
Elenco: Diogo Marques, Haroldo Decario, Raphael Gracioli, Ruth Melchior e Thatiane Ferrari.

Espetáculo “Prometeu Estudo 1.1”
Em junho, às quartas-feiras e em julho às quintas-feiras.
Horário: 20:30hs
Teatro Cacilda Becker
Rua Tito, 295 – Lapa – São Paulo
Mais informações: (11) 3864-4513
Preço: R$ 10,00

2 Comments:

Anonymous Minha said...

Ra,agradeço por nós, não só a divulgação, mas, também o seu carinho e sua presença em vários momentos, seja, na hora da cerveja, dos cigarros, do som, da contra-regragem, da critica...
Amor, muito obrigada!
Biseaus

sexta-feira, junho 16, 2006 2:42:00 PM  
Anonymous Anônimo said...

Valeu Rafinha... é companheiro e a luta tem que continuar...
Valeu, mesmo!!!

Bjks

segunda-feira, junho 19, 2006 4:21:00 PM  

Postar um comentário

<< Home